GMPR Advogados consegue desbloqueio de bens de servidor da Comurg

No julgamento de mérito de agravo de instrumento, proposto contra liminar que determinou o bloqueio de valores na conta do Sr. Alberto Simão Borges, réu em Ação Civil Pública em que se apuram irregularidades em licitações da Comurg, o Gonçalves, Macedo, Paiva & Rassi – GMPR Advogados conseguiu reformar parcialmente a decisão, com a consequente liberação dos proventos eventualmente bloqueados via BacenJud na conta bancária mencionada.

“Além disso, conseguimos o seu retorno ao exercício do cargo efetivo que ocupa na Companhia de Urbanização de Goiânia – COMURG, o que é uma importante vitória”, afirma Carlos Márcio Rissi Macedo, advogado e sócio do Gonçalves, Macedo, Paiva & Rassi – GMPR Advogados.